BODYFITNESS

O Bodyfitness foi implementado pela IFBB no ano de 2002 para dar chances de competir a um vasto grupo de atletas sem a necessidade de apresentação da rodada artística, onde é avaliado, portanto, somente o físico. Esta forma de competição tem se mostrado útil e o número de participantes aumenta a cada ano, no entanto, ainda é discutido como criar a possibilidade das atletas apresentarem seu físico em movimento. Nesta categoria são avaliadas a aparência atlética geral do físico, considerando uma aparência simétrica, tônus muscular e shape com uma pequena quantidade de gordura corporal, como também, a beleza fácil e cabelo e estilo individual de apresentação, incluindo autoconfiança, equilíbrio e graça. Esta disciplina esportiva é amplamente aberta para as mulheres com um bom shape que treinam nas academias e que seguem uma dieta saudável. E isto é uma vantagem!

ARTIGO 84 – Introdução

O Bodyfitness Feminino foi oficialmente reconhecido como uma nova disciplina esportiva pelo Conselho Executivo da IFBB e o Congresso da IFBB em 27 de Outubro de 2002 (Cairo, Egito).

84.1 Regras:

Muitas regras administrativas e técnicas que aparecem na seção Regras Gerais são as mesmas para o Bodyfitness e, portanto, não serão repetidas nesta seção.

Artigo 86

86.1 Categorias

Bodyfitness junior:

De 16 a 23 anos de idade.

Bodyfitness Sênior:

a. Classe A: até e incluindo 158 cm.

b. Classe B: até e incluindo 163 cm.

c. Classe C: até e incluindo 168 cm.

d. Classe D: acima de 168 cm.

Bodyfitness Master:

De 35 a 44 anos de idade

Acima de 45 anos de idade  

2. Atualmente há duas categorias nas competições de bodyfitness júnior em nível mundial, como segue:

a. Classe A: até  e incluindo 163 cm

b. Classe B: acima de 163 cm

Artigo 87

87.1 Rodadas:

O Bodyfitness consistirá uma rodada seguinte:

1.Única Rodada (Quartos-de-volta com Biquini colorido e bordado)

Artigo 88

– Pré-Julgamento: Rodada Eliminatória

 

88.1 Geral:

O Pré-Julgamento, que é aberto ao público em geral, será realizado após o dia de Registro Oficial das Atletas. Uma programação de cada categoria deverá ser publicada. A fim de oferecer as atletas tempo para o aquecimento e troca de roupa, as competidoras deverão estar na área de aquecimento nos bastidores pelo menos 30 minutos antes do horário de início do julgamento de sua categoria. Todas as competidoras serão inteiramente responsáveis por assegurar que estão presentes e preparadas para competir quando sua categoria for chamada ao palco, caso contrário esta será eliminada da competição.

88.2 Procedimentos da Rodada Eliminatória:

Uma rodada eliminatória será realizada quando houver mais de 15 competidoras em uma categoria. A rodada eliminatória será realizada da seguinte maneira:

1.Todas as atletas serão chamadas ao palco, em ordem numérica, e em fileira simples ou dupla, se necessário.

2.A fileira é dividida em dois grupos de tamanhos iguais e posicionada no palco de modo que um grupo permaneça à esquerda; e o outro grupo permaneça à direita do palco. O centro do palco fica liberado a propósito de comparação.

3.Em ordem numérica, e em grupos de não mais do que cinco competidoras ao mesmo tempo, cada grupo é direcionado ao centro do palco para realizar as quatro poses compulsórias.

4.O Chefe de Árbitros da IFBB conduzirá as competidoras através dos quartos-de-volta, que são:

a.Quarto-de-Volta para Direita

b. Quarto-de-Volta de Costas

c. Quarto-de-Volta para Direita

d. Quarto-de-Volta de Frente

5.Ao final dos quartos-de-volta, toda a categoria deverá refazer uma fileira única, em ordem numérica crescente, da esquerda para a direita na visão dos árbitros, antes de sair do palco.

Note: As competidoras não podem mascar chiclete ou doce enquanto estiverem no palco. Não pode beber ou comer no palco e nem sair sem autorização!

Artigo 89

– Pré-Julgamento: Vestimenta para a Rodada Eliminatória e Rodada 1 (Biquíni de Duas Peças)

 

89.1 Vestimenta para a Rodada Eliminatória e Rodada 1 (Biquíni de Duas Peças):

A vestimenta para a Rodada Eliminatória e Rodada 1 (Biquíni de Duas Peças) deverá seguir os seguintes critérios:

1.O biquíni deve ser de duas peças;

2.O biquíni deve ser de cor e estilo a escolha da atleta;

3.O biquíni deve ser feito de tecido (não plastificado, emborrachado, ou de material similar)

4. O uso de gliter é proibido.

5.O biquíni não deve conter ornamentos, acessórios, renda ou bordados.

6.A parte inferior do biquíni deve cobrir no mínimo metade do glúteo máximo e toda a área frontal, ficando o fio dental proibido.

89.2 Salto-alto será utilizado durante esta rodada. A espessura da sola(frente) não deve ser maior do que 100 milímetros; a altura do salto(atrás) não deve ser maior do que 1200 milímetros. Sapatos com plataformas são estritamente proibidos.

 

89.3 O cabelo pode ser estilizado.

89.4 Jóias são permitidas.

89.5 O Chefe Oficial da IFBB, ou delegado representante, terá o direito de determinar se a vestimenta de uma competidora se encontra nos padrões aceitáveis de gosto e decência.

Artigo 90

– Pré-Julgamento: Pontuação da Rodada Eliminatória

90.1 Pontuação da Rodada Eliminatória.

1.Ao mesmo tempo, os árbitros estarão avaliando o físico geral para o grau atlético, proporção e tom da pele. A pontuação da Rodada Eliminatória procederá da seguinte maneira:

2.Se houver mais de 15 competidoras, os árbitros deverão selecionar as 15 melhores colocando um “X” ao lado de seus nomes, utilizando o Formulário #1, intitulado “Rodada Eliminatória (Árbitros)”

3.Utilizando o Formulário #2, intitulado “Rodada Eliminatória (Estatísticos)”, os estatísticos transcreverão as seleções dos árbitros nesta folha e então registrarão as pontuações das 15 melhores competidoras.

4.Se houver um empate entre duas ou mais competidoras na 15ª colocação, as atletas empatadas serão chamadas novamente ao palco, e os árbitros realizarão uma reavaliação dos quatro quartos-de-volta.

5.Apenas 15 competidoras avançarão para as finais.

 

Artigo 91

– Pré-Julgamento: Apresentação da Rodada 1 (Biquíni de Duas Partes)

91.1 Apresentação da Rodada 1 (Biquíni de Duas Peças):

Os procedimentos para a Rodada 1 (Biquíni de Duas Peças) serão os seguintes:

1.Toda a categoria será chamada ao palco, enfileirada e em ordem numérica.

2.A fileira será dividida em dois grupos de tamanhos iguais e serão posicionados no palco de modo que um grupo permaneça a esquerda; e o outro permaneça a direita do palco. O centro do palco permanecerá livre a propósito de comparações.

3.Em ordem numérica, e em grupos de não mais do que cinco competidoras ao mesmo tempo, cada grupo será direcionado  ao centro do palco para realizar os quartos-de-volta.

4.Este agrupamento inicial das competidoras, e a realização dos quartos-de-volta, tem como objetivo ajudar os árbitros a determinar quais competidoras farão parte das comparações em seguida.

5. Neste momento os árbitros podem submeter as competidoras a comparações individuais para avaliações do Chefe de Árbitros da IFBB ou do Diretor de Palco. Não menos do que três e não mais do que cinco competidoras serão comparados ao mesmo tempo. O Dirigente de Árbitros da IFBB ou o Diretor de Palco terão a discrição para descartar ou apurar um pedido individual dos árbitros para comparações se permitido. A partir de 2013 foi instituído o top 5 para o julgamento final nos mundiais e Arnolds.

6.Todas as comparações individuais serão realizadas no centro do palco e em ordem, da esquerda para a direta, como solicitado pelo árbitro.

7.O número total de comparações serão também decididos pelo Árbitro Chefe ou Diretor de Palco.

8.Todas as competidoras passarão por pelo menos uma comparação.

9.Ao final da última comparação, todas as competidoras retornarão a fileira única, em ordem numérica, antes de sair do palco.

 

Artigo 92

– Pré-Julgamento: Pontuação da Rodada 1 (Biquíni de Duas Peças)

92.1 Pontuação da Rodada 1 (Biquíni de Duas Peças):

A pontuação para a Rodada 1 (Biquíni de Duas Peças) procederá da seguinte maneira:

1.Utilizando o Formulário #3, intitulado de “Classificação Individual dos Árbitros (Pré-Julgamento)”, cada árbitro premiará uma competidora com uma classificação individual da 1ª a 15ª colocação, assegurando-se de que duas ou mais atletas não tenham recebido a mesma classificação. Os árbitros podem utilizar o Formulário #4, intitulado “Notas Pessoais dos Árbitros” para registrar sua avaliação sobre cada competidora.

2.Utilizando o Formulário #5, intitulado “Folha de Pontuação (Estatísticos)”, com cinco a nove árbitros, as duas notas mais altas e as duas mais baixas serão descartadas. A pontuação remanescente será somada para produzir um “Pontuação Parcial da Rodada 1” e uma “Classificação RD1”.

3.Os empates na “Pontuação Parcial da Rodada 1” não precisam ser quebrados imediatamente já que a “Pontuação Parcial da Rodada 1” será somada a “Pontuação Parcial da Rodada 2” para produzir a “PONTUAÇÃO DO PRÉ-JULGAMENTO”

 

Artigo 93

– Pré-Julgamento: Avaliação da Rodada 1 (Biquíni de Duas Peças)

 

93.1 Avaliação da Rodada 1 (Biquíni de Duas Peças):

A Rodada 1 (Biquíni de Duas Peças) será avaliada utilizando os seguintes critérios:

 

1.O árbitro deverá avaliar primeiro a aparência atlética geral. Esta avaliação deve levar em consideração todo o físico. A avaliação começa com uma impressão geral do físico, devendo-se considerar o cabelo e a beleza facial; o desenvolvimento atlético geral da musculatura; a apresentação de um físico equilibrado simetricamente; a condição e o tom da pele; a habilidade atlética para se apresentar com confiança, equilíbrio e graça.

2.O físico deve ser avaliado e seu nível de tônus muscular geral, obtido através de treinamentos. Os grupos musculares devem ter uma aparência redonda e firme com uma pequena quantidade de gordura corporal. O físico não deve ser excessivamente musculoso e nem excessivamente magro e não deve possuir profundas separações musculares e/ou estriações. Os físicos considerados muito musculosos ou muito magros serão desclassificados.

3.A avaliação deve levar em consideração a rigidez e  tom da pele. O tom da pele deve ser suave e de aparência saudável, e sem celulite. O rosto, o cabelo e a maquiagem devem ser complemento do “Pacote Total” apresentado pela atleta.

4.A avaliação dos físicos das atletas pelos árbitros devem incluir toda a apresentação da atleta, do momento que ela sobe no palco até o momento em que ela sai do palco. A todo o momento, a competidora fitness deve ser vista com ênfase em um físico “saudável, condicionado, atlético”, num “Pacote Total” apresentado de forma atrativa.

5.Os árbitros são lembrados que este não é um campeonato de culturismo. As competidoras devem ter forma para os seus músculos, mas não, tamanho, definição e vascularização como é visto nas competições de culturismo. Qualquer competidora que exibir estas características será desclassificada. Mais detalhes no Apêndice 9.

 

Artigo 103

– Categoria Overall e Premiação

 

103.1 A Categoria Overall procederá da seguinte maneira:

 

1.Imediatamente após a Cerimônia de Premiação da última categoria fitness, as quatro vencedoras das categorias serão chamadas ao palco em ordem numérica e enfileiradas, vestindo biquíni de duas peças e salto alto.

2.O Chefe de Árbitros da IFBB direcionará as competidoras através dos quartos-de-volta no centro do palco, em ordem numérica e então na ordem inversa.

3.Os árbitros utilizarão o Formulário #6, intitulado “Classificações Individuais dos Árbitros (Finais)”, para classificar as atletas de 1ª a 4ª posição.

4.Os estatísticos, utilizando o Formulário #5, intitulado “Folha de Pontuação (Estatísticos)”, registrarão as pontuações e determinarão as classificações finais das competidoras.

5.A “Campeã Overall” será anunciada e a Medalha de Ouro e o troféu será entregue a competidora da IFBB pelo Presidente da IFBB ou o Oficial da IFBB representante no campeonato. A medalha e o troféu serão oferecidos pela Federação Nacional organizadora.

 

APÊNDICE 9

 

DESCRIÇÃO DOS QUARTOS-DE-VOLTA

 

Quarto-de-Volta para Direita

 

Postura ereta relaxada, cabeça e olhos voltados para frente, calcanhares unidos, pés inclinados 30º para fora, joelhos unidos e semi-flexionado, barriga “para dentro”, peito “para fora”, ombros para trás, braço esquerdo relaxado suspenso ao lado do corpo e levemente para trás da linha central do corpo e cotovelo semi-flexionado, polegar e dedos unidos, palma da mão voltada para o corpo, mão levemente curvada, braço direito suspenso ao lado do corpo e levemente para frente da linha central do corpo com uma leve semi-flexão do cotovelo, polegar e dedos unidos, palma da mão voltada para o corpo, mão levemente curvada. O posicionamento dos braços causará uma rotação da parte superior do corpo para a esquerda, com o ombro esquerdo caído e o ombro direito erguido. Isto é normal e não deve ser exagerado. Esta posição é uma postura relaxada. Contrair os músculos é proibido. As competidoras que não adotarem a postura correta receberão uma advertência e, em seguida, pontos serão retirados da pontuação.

 

Quarto-de-volta de Costas

 

Postura ereta relaxada, cabeça e olhos voltados para frente, calcanhares unidos, pés inclinados 30º para fora, joelhos unidos e semi-flexionados, barriga “para dentro”, peito “para fora”, ombros para trás, ambos os braços relaxados suspensos ao lado do corpo alinhado a linha central do corpo, cotovelos semi-flexionados, polegar e dedos unidos, palmas das mãos voltadas para o corpo e distante aproximadamente 10 cm do corpo, mãos levemente curvadas. Esta é uma posição relaxada. Contrair os músculos é proibido. As competidoras que não adotarem a postura correta receberão uma advertência e, em seguida, pontos serão retirados da pontuação.

 

Quarto-de-volta para Direita

 

Postura ereta relaxada, cabeça e olhos voltados para frente, calcanhares unidos, pés inclinados 30º para fora, joelhos unidos e semi-flexionado, barriga “para dentro”, peito “para fora”, ombros para trás, braço direito relaxado suspenso ao lado do corpo e levemente para trás da linha central do corpo e cotovelo semi-flexionado, polegar e dedos unidos, palma da mão voltada para o corpo, mão levemente curvada, braço esquerdo suspenso ao lado do corpo e levemente para frente da linha central do corpo com uma leve semi-flexão do cotovelo, polegar e dedos unidos, palma da mão voltada para o corpo, mão levemente curvada. O posicionamento dos braços causará uma rotação da parte superior do corpo para a direita, com o ombro direito caído e o ombro esquerdo erguido. Isto é normal e não deve ser exagerado. Esta posição é uma postura relaxada. Contrair os músculos é proibido. As competidoras que não adotarem a postura correta receberão uma advertência e, em seguida, pontos serão retirados da pontuação.

 

Quarto-de-volta de Frente

 

Postura ereta relaxada, cabeça e olhos voltados para frente, calcanhares unidos, pés inclinados 30º para fora, joelhos unidos e semi-flexionados, barriga “para dentro”, peito “para fora”, ombros para trás, ambos os braços relaxados suspensos ao lado do corpo alinhado a linha central do corpo, cotovelos semi-flexionados, polegar e dedos unidos, palmas das mãos voltadas para o corpo e distante aproximadamente 10 cm do corpo, mãos levemente curvadas. Esta é uma posição relaxada. Contrair os músculos é proibido. As competidoras que não adotarem a postura correta receberão uma advertência e, em seguida, pontos serão retirados da pontuação.

 

AVALIAÇÃO DO FÍSICO NOS QUARTOS-DE-VOLTA

 

Em todas as rodadas, as 15 melhores competidoras serão levadas ao palco, em ordem numérica e enfileiradas. Elas serão conduzidas através das comparações dos quartos-de-volta em grupos de não mais do que cinco competidoras ao mesmo tempo. É esperado que cada árbitro assista todas as comparações e não apenas aquelas que um árbitro específico solicitou.

Através das comparações, um árbitro deve se esquecer de que ele está julgando a atleta como um “Pacote Total”.

O árbitro deve primeiro avaliar a aparência atlética geral do físico. Esta avaliação deve levar em consideração todo o físico. A avaliação começa com uma impressão geral do físico, considerando-se o cabelo e a beleza facial; o desenvolvimento atlético geral da musculatura; a apresentação de um físico equilibrado simetricamente; a condição e o tom da pele; e a habilidade atlética da atleta em se apresentar com confiança, equilíbrio e graça.

O físico deve ser avaliado em seu nível de tônus muscular geral, realizado obtido através de treinamento. Os grupos musculares devem ter uma aparência redonda e firme com uma pequena quantidade de gordura corporal. O físico não deve ser excessivamente musculoso e nem excessivamente magro, e não deve possuir profundas separações musculares e estriações. Os físicos considerados muito musculosos ou muito magros devem ser desclassificados.

A avaliação também deve levar em consideração a rigidez e o tom da pele. O tom da pele deve ser de aparecia suave e saudável, e sem celulite. O rosto, o cabelo e a maquiagem devem ser complemento do “Pacote Total” apresentado pela atleta.

A avaliação do físico das atletas pelos árbitros deve incluir uma apresentação geral, do momento em que a atleta entra no palco até o momento em que ela sai do palco. A todo o momento, a competidora fitness deve ser vista com ênfase em um físico “saudável, condicionado, atlético”, como um “Pacote Total” apresentado de forma atrativa.

Entre em contato conosco nos seguintes e-mails

Filiação, campeonatos e informações:

febrafim@hotmail.com 

Arbitragem (dúvidas e regras): diretordearbitragemifbbdf@gmail.com

Imprensa (filmagem, fotografia e entrevistas): imprensaifbbdf@gmail.com 

OU ENVIE UMA MENSAGEM

ATRAVÉS DO FORMULÁRIO ABAIXO:

  • instagram_PNG10
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon